27 abril 2008

...

E lá se passou mais um fim-de-semana.
Rever os cromos do costume e recordar caminhadas (e loucuras) de outros dias.
Usufruir de um jantar regado a memórias e animação.
Entrar na Ovibeja e beber cerveja em série (sim, tipo fonte, para manter o copo sempre cheio).
Derrotar alguns idiotas nos matraquilhos.
Ouvir de longe os Xutos (que parecem manter um contrato vitalício com a organização).
Encontrar toda a gente que não me apetece encontrar.
Reconhecer pessoas que o tempo apagou da minha história. E ouvir repetidamente "Epá, tás tão diferente!".
Tropeçar vezes sem conta em pernas alheias.
Comer farturas.
Provar queijos e enchidos.
Comprar pão e afins.
E regatear o preço de tranquitanas.
Hum... estes momentos de ócio são o sonho de qualquer pessoa.

2 comentários:

GrimReaper disse...

por acaso não comi farturas... não me disseste que ias comprar se não também tinha ido ohh ruim!

e sim eu fui um dos que levei uma sova nos matraquilhos mas foi só porque o campo estava completamente alagado... curiosamente não era agua mas sim cerveja.

para a próxima podemos fazer um jantar no Algarve, depois Lisboa, Évora, e Coimbra começar a variar ;)

PS: menina lisa, fica desde já avisada que se falhar à bênção da Sofia vai haver sangue, e alguém vai ficar sem os dentinhos da frente ehheheh

Lisa disse...

Lol
Não sejas violento. Nem ciumento. Já disse que ia convosco a Coimbra. O que está dito, está dito.

Jinhos